Blog

Conheça as normas para tubos de aço

Para a construção dos tubos de aço que a Century Tubos vende no mercado, não podem ser apenas meros tubos construídos e vendidos sem qualquer responsabilidade. É importante seguir alguns parâmetros determinados por algumas normas vigentes.

São normas nacionais e internacionais que estipulam quais os parâmetros em que os tubos de aço devem ser construídos, com o objetivo de suportarem as pressões dos líquidos, vapores, gases e outros fluidos que passam por sua estrutura interna.

Vamos apresentar as normas mais utilizadas para a construção dos tubos de aço e venda ao mercado em geral.

Normas internacionais para tubos de aço

As normas internacionais para a fabricação dos tubos de aço são:

Normas ASTM

A sigla é para representar o órgão internacional de padronização e normalização dos tubos, semelhante em nosso país á ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). As mais conhecidas são:

  • Norma ASTM 53: Regulamenta a produção de tubos de aço carbono com costura, pretos ou galvanizados à quente para condução de fluidos não corrosivos, divididos em dois graus: A, para ser dobrado e flangeado e B, com limitações.
  • ASTM A500: Tubos com costura e soldados a frio, utilizados principalmente para estruturas metálicas que podem ser soldadas, parafusadas ou rebitadas. Os tubos podem ser quadrados, retangulares ou redondos.
  • ASTM A572: Destinado a tubos de aço de alta resistência mecânica para fins estruturados, imersos à quente e com costura. São geralmente utilizados em construções civis, navais, na fabricação de máquinas agrícolas, entre outras aplicações que exijam essa resistência mecânica.

Normas DIN

Estas normas DIN são de padronização alemã e tem a mesma equivalência da nossa ABNT. São três normas utilizadas na fabricação dos tubos de aço:

  • DIN EN 10305-2: Regula a fabricação e venda dos tubos de aço de alta precisão, com costura e trefilados a frio. Assim, possui uma tolerância bem mínima nas suas dimensões. São bem utilizados na indústria de autopeças.
  • DIN EN 10305-3: Segue os mesmos parâmetros da norma EN 10305-2, para tubos de alta precisão, utilizados em móveis e autopeças;
  • DIN EN 10305-5: Mesma destinação das normas anteriores.

Normas NBR

Definidas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), as normas são determinantes para a venda de produtos para o mercado nacional, atendendo a parâmetros muitos semelhantes às normas internacionais. As utilizadas para o segmento são:

  • NBR 5580: Esta norma define os parâmetros de fabricação para os tubos de condução de água, gases, vapores e outros líquidos não corrosivos, destinado ao uso residencial e comercial. Estes tubos tem padronização diferenciada, com menor quantidade de testes de qualidade e menos exigências do que a norma NBR 5590;
  • NBR 5590: Essa norma é a mais importante. É destinado á venda dos tubos de condução, ou dos Tubos Schedule. Nela, estão determinados os parâmetros de costura, de galvanização e de roscas e conexões para condução de fluidos como água, vapores, ar comprimidos. Muito utilizado para a construção de tubos para indústrias;
  • NBR 6591: Destinado para fins estruturais, define os parâmetros necessários para os tubos com costura;
  • NBR 8261: Possui a mesma finalidade da norma 6591. Destinado para tubos estruturais, sejam eles quadrados, retangulares ou redondos.

Tubos de aço é na Century Tubos

Atender às normas vigentes para vender os tubos de aço com qualidade é uma missão constante para a Century Tubos. Analisamos cuidadosamente todos os produtos que vendemos, verificando o cumprimento integral e as marcações obrigatórias no corpo do tubo.

Isso garante que o produto que você terá na sua obra terá o máximo em qualidade com o melhor preço do mercado. Por isso, faça o seu orçamento e veja porque a Century Tubos é referência no assunto.

Acesse

Century Tubos e Conexões

Olá!
Gostaria de receber uma ligação gratuita?

Gostaria de receber uma ligação gratuita?

telefone