Category Archives: Tubos de aço carbono

Qual o tubo recomendado para uma rede de incêndio? Tubos redes de incêndio

Um tubo para rede de incêndio deve atender quesitos claros de segurança e eficiência na condução de água para evitar acidentes ou controlar chamas. Mas você sabe o que faz uma tubulação de incêndio ser considerada boa e apta a qualquer ambiente? Confira a seguir.

O que é uma rede de incêndio e por que ela é importante?

Uma rede de incêndio é um sistema que impede a propagação de chamas em caso de  incêndio, sendo capaz de apagá-lo. Cada projeto precisa ser pensado de acordo com a planta do local, pensando em saídas de emergência, portas corta-fogo e, sobretudo, a tubulação de condução de água.

Em qualquer ambiente grande na construção civil é importante contar com uma rede de incêndio, e inclusive, isso é imprescindível para a obtenção de alvará de funcionamento em alguns casos.

Quais os principais componentes de uma rede de incêndio?

Os principais componentes de uma rede de incêndio incluem mangueiras, registros, válvulas, caixas de abrigo, entre outros, além é claro, dos tubos de aço de condução.

Estes componentes devem atender aos requisitos da regulamentação AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros), um documento obrigatório para qualquer projeto de edifícios residenciais ou comerciais, e os tubos envolvidos também devem seguir normas próprias.

Quais as normas técnicas de um tubo de aço para rede de incêndio?

Tubos de aço para redes de incêndio devem obedecer às normas NBR 5580 e NBR 5590. Elas determinam os padrões de qualidade de tubos de aço carbono, pretos e galvanizados para aplicações na condução de fluidos, incluindo os não corrosivos como a água.

No caso da NBR 5590, os tubos devem conter marcações individuais em baixo relevo e com a marca do fabricante do tubo na superfície externa ou interna a cada 1 metro. A ideia é identificar o fabricante do tubo para que, caso ocorra um incêndio e estes tubos falhem, seja possível identificar a origem do material. Em todo o processo produtivo existe um certificado de qualidade, com testes de qualidade que asseguram que o material esteja dentro da norma técnica adequada. Caso o tubo de condução não possua estas marcações em baixo relevo, ele não pode ser considerado como dentro da norma NBR5590.

Como deve ser uma boa tubulação para rede de incêndio?

Os tubos de aço carbono para condução de fluídos nas redes de incêndio precisam apresentar resistência superior, baixa manutenção e concordância com as normas técnicas. Sendo assim, além de possuírem diâmetros e espessuras específicas e pré-determinados, é indicado que eles também sejam galvanizados.

Com a galvanização, os tubos recebem uma camada extra de zinco, e obtêm maior durabilidade e resistência a intempéries ou aos fluídos conduzidos dentro dele. Dessa forma, nas redes de incêndio os tubos galvanizados permitem um melhor trabalho sob pressão da água, maior resistência a choques mecânicos e mais estabilidade, além de garantir estanqueidade.

Seja para indústrias, edifícios comerciais ou residenciais, empresas e galpões ou qualquer ambiente com significativa circulação de pessoas, vale a pena investir em tubos de aço carbono galvanizados e conexões de qualidade, para garantir que o barato não saia caro no futuro e que a segurança de todo o local seja preservada.

Procurando tubos de condução para rede de incêndio confiáveis e resistentes? Fale com a gente e saiba mais!

https://centurytubos.com.br/tubos-de-conducao/tubo-para-rede-de-incendio/850/century/ Conheça as vantagens sobre o sistema de Tubos Ranhurados ou Tubos Grooved Tubos ranhurados

Um sistema de tubos ranhurados (ou tubos grooved) consiste em tubos que possuem uma ranhura nas extremidades. Dessa forma, cria-se o sistema de união mais moderno, barato e de fácil instalação e manutenção do mercado, diferente da junção com roscas ou soldas.

Com isso, ele torna-se mais versátil, econômico, seguro e confiável. Mas você sabe quais são as aplicações indicadas para este tubo e as normas técnicas para garantir sua qualidade? Confira a seguir.

Quais as vantagens dos tubos grooved ou ranhurados?

O sistema grooved é indicado para locais que precisam de reparos e ajustes frequentes, pois sua instalação, manutenção e reposição são simples e rápidas, visto que a montagem não necessita de solda. Ele acaba sendo 3 a 6 vezes mais rápido do que um acoplamento soldado, apresentando excelente custo x benefício para alguns sistemas.

Qual a aplicação ideal do sistema de tubos ranhurados?

Além de terem este custo x benefício alto como citamos, os tubos ranhurados são considerados conexões “limpas” para a execução de serviços, o que os torna boas opções para condução de fluídos de um modo geral.

Sua principal aplicação é no sistema de redes de incêndio, considerando sua agilidade de montagem nesta etapa legalmente obrigatória em qualquer construção civil, além da qualidade e fluidez de suas conexões, que permitem grandes integrações entre tubos que percorrem grandes distâncias.

Por que tubos grooved recebem esse nome?

Em seu acabamento, para receber as junções na ponta do tubo, são feitas pequenas ranhuras através de um sistema de moldagem a frio ou usinagem. E “grooved”, em inglês, significa literalmente “ranhurado”.

Sua produção, entretanto, é a mesma de um tubo de condução normal.

Que normas técnicas um tubo ranhurado precisa seguir?

Para ser considerado um bom tubo grooved, ou ranhurado, o tubo deve adequar-se à NBR5590, que incide sobre os tubos de condução de fluídos, sua pressão, aplicabilidade, dimensões, etc. Se um tubo ranhurado não estiver de acordo com esta norma, sua principal aplicação pode ficar bastante comprometida e arriscada.

Onde encontrar tubos ranhurados ou grooved?

Na Century Tubos, aplicamos ranhuras em tubos de condução de fluídos de ¾” (26,70mm) até 12” (323,80mm). Dessa forma, é possível oferecer um tubo que atenda a norma NBR5590 com qualidade e eficiência para o que você precisa. Quer comprovar a qualidade dos tubos ranhurados da Century Tubos? Entre em contato conosco e solicite um orçamento!

https://centurytubos.com.br/tubos-de-conducao/tubos-ranhurados/840/century/ Quais tubos de aço usar na construção civil? tubos de aço na construção civil

O uso de tubos de aço na construção civil é comum em obras de qualquer porte, nos mais variados projetos de engenharia. Os chamados “tubos estruturais” trazem resistência, leveza e fácil processamento para os projetos construtivos, tornando-se grandes aliados de obras com prazos acelerados.

A seguir, conheça um pouco mais sobre a importância dos tubos de aço na construção civil e quais devem ser utilizados para garantir uma obra de sucesso.

Por que os tubos de aço são tão usados na construção civil?

Com estética agradável, estes tubos também oferecem bom potencial para rentabilidade e facilidade no processamento. São bastante resistentes à compressão, tração e torção, por isso são considerados ideais na etapa de estruturação das obras.

Quais as vantagens dos tubos de aço na construção civil?

Eles apresentam grande uniformidade de características mecânicas e dimensionais, de modo que sua aplicação costuma ser simples. Suas superfícies são lisas, sem cantos vivos ou ângulos, deixando a pintura e a manutenção bastante práticas.

Os tubos de aço são estruturas de alta resistência à corrosão e até mesmo ao fogo, sendo capazes de suportar condições operacionais adversas e garantir durabilidade quando expostos às intempéries, seja no ambiente doméstico, industrial, rural ou mesmo aquático.

Além disso, estes tubos também costumam ser mais baratos. As operações tecnológicas utilizadas para produzi-los são simples e, consequentemente, mais em conta do que em comparação com outros metais. Seu custo x benefício fica ainda maior se levarmos em consideração toda a sua facilidade de manuseio, montagem e desmontagem.

Onde podem se aplicar tubos estruturais na construção civil?

Os tubos de aço estão presentes nos mais variados segmentos da construção civil. Na arquitetura, são muito utilizados sob forma de treliças espaciais, vigas treliçadas, entre outros, que enriquecem o aspecto visual e dão um ar arrojado e moderno. Também são bastante comuns em alambrados de estádios esportivos, aeroportos, plataformas de petróleo, pontes, torres de transmissão, andaimes e muito mais.

Como saber se um tubo de aço é ideal para a construção civil?

Antes de mais nada, para atestar a qualidade dos tubos de aço na construção civil deve-se verificar se eles foram produzidos dentro das normas NBR 8261, NBR 6591 ou ASTM A500. Isso garantirá que eles seguem o padrão produtivo de qualidade em termos de material utilizado, dimensão, espessura, peso e demais características.

Consideradas as normas técnicas, é importante determinar as dimensões que os tubos devem ter para atender seu projeto de forma adequada. Por padrão, eles costumam apresentar as seguintes medidas:

Se você já entendeu quanto sua obra pode se beneficiar de um tubo estrutural e está procurando pelos melhores modelos do mercado, conte com a Century Tubos. Fale conosco e solicite um orçamento!

 

 

https://centurytubos.com.br/tubos-estruturais/tubos-de-aco-usar-na-construcao-civil/836/century/ Quais as diferenças entre tubos de aço com costura e tubos de aço sem costura? Diferenças entre tubos com Costura e sem Costura

Tubos de aço carbono podem contar com as chamadas “costuras”, que são soldas de uma chapa de metal em suas extremidades para uni-las. Mas quais as diferenças entre tubos de aço com e sem costura? Em quais aplicações eles podem ser usados? Descubra a seguir!

O que são Tubos com costura

Os chamados “tubos com costura” são tubos de aço que recebem uma soldagem nas extremidades, unindo-as através do calor e de instrumentos específicos para adquirir as diferentes espessuras, metragens e diâmetros desejados.

Estes tubos são comuns nas mais variadas indústrias, como a automobilística, a usinagem, o agronegócio, maquinário e equipamentos, entre muitas outras.

O que são tubos sem costura

Tubos de aço sem costura não passam por nenhum tipo de soldagem. São produzidos com cilindros de aço que são aquecidos e posteriormente têm seu miolo retirado, ficando ocos e sendo posteriormente perfurados.

Podem ser utilizados em aplicações de pressão de óleo ou vapor para grandes esforços, como projetos de pistões hidráulicos e caldeiras em grandes indústrias.

Como se produz um tubo de aço com costura?

Para produzir um tubo de aço com costura, uma chapa de aço maciça é dobrada em volta de si, unindo as extremidades para formar um cilindro. Na sequência, o ponto de contato entre as laterais dessa placa é soldado, ou “costurado” de forma imperceptível, criando o tubo com costura.

Quais as vantagens de um tubo com costura?

Versáteis, resistentes e mais baratos, os tubos com costura podem atender diversas aplicações e acabam sendo mais econômicos, pois seu processo produtivo é mais simples.

Existem poucas opções de fabricantes de tubos sem costura no Brasil, o que torna sua comercialização praticamente um monopólio, sujeita à disponibilidade ou à importação de novas peças. Dessa forma, além do custo x benefício de um tubo com costura ser considerável, sua aplicabilidade é bastante ampla e sua disponibilidade tende a ser maior.

Na Century Tubos, trabalhamos apenas com tubos com costura, em entendimento às demandas do nosso mercado. Oferecemos tubos com costura a pronta entrega tanto para fins estruturais como para condução, dentro das normas técnicas NBR6591; NBR8261, ASTM A500, NBR5580 e NBR5590.

Solicite um orçamento entrando em contato conosco e descubra toda a versatilidade e economia dos tubos com costura!

 

https://centurytubos.com.br/century-tubos/diferencas-tubos-costura/828/century/ Saiba tudo sobre tubos de aço ideais para condução de fluidos Tubos de Condução de Fluídos

Quando falamos de tubos de condução de fluídos, estamos falando do transporte de líquidos e gases, por vezes corrosivos ou mesmo inflamáveis, que demandam uma estrutura perfeitamente adequada para sejam conduzidos de forma eficiente e, sobretudo, segura.

Se você tem dúvidas quanto a qual o tubo de aço ideal para condução de fluídos, esse artigo é especialmente para você. Confira:

O que é um tubo de condução de fluídos

Como o próprio nome diz, este tipo de tubo serve para o transporte de substâncias como líquidos, gás ou óleo. Eles devem obedecer, obrigatoriamente, às normas técnicas NBR 5580, NBR 5590, e/ou à norma americana ASTM A53 e à norma europeia DIN EM 10255 (antiga DIN 2440). Estas normas definem as propriedades químicas, as propriedades mecânicas, sua espessura, dimensões, tolerância e a, para que eles sejam considerados tubos de condução adequados.

Aplicações do tubo de condução de fluídos

Este tipo de tubo também é comum em plataformas de petróleo e gás, caldeiraria, usinas, maquinário industrial, etc. Toda a infraestrutura que precise de um sistema de combate a incêndio também precisa de tubos de condução. Em suma, em qualquer lugar onde haja condução de água, óleo e gás, estão os tubos de condução.

Existem diferenças entre os tubos de condução de fluídos?

Sim. Estes tubos podem ser pretos, galvanizados a fogo, pintados (dentro da norma NBR5590), podem ter pontas lisas, pontas chanfradas, pontas com roscas BSP e NPT e ponta com ranhura ou grooved, de acordo com a necessidade do cliente ou aplicação. Além disso, dentro de suas duas normas técnicas obrigatórias, uma pode ser mais apropriada do que a outra. A norma NBR5580 não demanda tantos requisitos de qualidade como a norma NBR5590, mas dependendo do projeto, às vezes ambas podem ser indicadas ou apenas uma das duas ser considerada ideal.

Como identificar um bom tubo de condução de fluídos

Estes tubos possuem marcações em baixo relevo, com gravação do número da corrida de lote, diâmetros e espessuras também gravados no tubo, além de logotipo do INMETRO, quando estão totalmente de acordo com as normas técnicas referentes. São estes detalhes de marcação no tubo que atestam que ele seja um tubo de condução e não um tubo estrutural.

Tubos de condução podem ser substituídos por outros tubos?

Jamais. Os tubos para condução de fluidos têm medidas e tolerâncias especificas, além de requisitos de qualidade e testes mecânicos únicos, que caracterizam a função de conduzir fluidos. Utilizar tubos de outros materiais, espessuras, dimensões, e fora das normas técnicas pode ser bastante perigoso. Para evitar um eventual escape de gás, um vazamento de combustível ou mesmo de água em excesso, por exemplo, utilize os tubos adequados para estes fins.

Agora que você já sabe o que levar em conta na hora de comprar tubos de condução de fluídos, conte com a Century Tubos.

Nossos tubos atendem às solicitações de todas as normas técnicas necessárias, com certificado de qualidade INMETRO. Todos possuem costura, tornando a composição do projeto mais funcional e completa, e ainda dispomos de diversos tubos a pronta entrega no maior estoque do Brasil. Consulte-nos e saiba mais!

https://centurytubos.com.br/tubos/tubos-para-conducao-de-fluidos/804/century/ O que é Tubo Schedule? O que é Tubo Schedule

Tanto na construção civil como na indústria, o uso de diferentes materiais faz parte da rotina e determina o sucesso das atividades. A Century tubos possui mais de 1500 medidas diversas de tubos de aços, para as mais variadas aplicações, sendo os tubos de aço de condução de fluidos um dos seus produtos de destaque. Entre os tubos de aço para condução de fluidos nas normas NBR5590 e ASTM A53, existe uma classe especial para defini-los. Você sabe o que é um tubo Schedule?

A denominação Schedule serve para classificar as espessuras dos tubos de condução de fluidos. Na linha de produtos da Century Tubos, é possível encontrar tubos a partir do Schedule 10 até o Schedule 80!

Em síntese, o Schedule define, portanto, a espessura de parede do tubo de condução de acordo com as normas NBR 5590 e ASTM A53.

O que é a norma NBR 5590?

A Norma Brasileira – NBR 5590 para tubos de aço foi publicada pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) para regulamentar a produção e o fornecimento dos Tubos Schedule. Esses tubos são fabricados em aço carbono, com solda longitudinal, pretos ou galvanizados, tendo como objetivo a condução de fluidos não corrosivos sob pressão, temperatura e aplicações mecânicas específicas. Falamos mais sobre ela aqui.

Tipos de tubo Schedule

Os Tubos Schedule podem ser de aço inoxidável ou aço carbono com ou sem costura.

Na Century Tubos, trabalhamos com tubos de aço com costura, o que é mais indicado para tubos de condução de fluídos, como os tubos Schedule. Para produzir um tubo de aço com costura, uma chapa de aço maciça é dobrada em volta de si, unindo as extremidades para formar um cilindro. Na sequência, o ponto de contato entre as laterais dessa placa é soldado, ou “costurado” de forma imperceptível, criando o tubo com costura.

É recomendado atentar-se aos tipos de Tubos Schedule quando se trata da condução de determinados fluídos. O tubo Schedule preto não é indicado para a condução de gases, pois se ocorrer umidade no gás, pode haver corrosão interna, o que torna a galvanização necessária.

tubo Schedule

Tubos Schedule

Para que serve um tubo Schedule?

O tubo schedule é empregado na condução de fluidos líquidos ou gasosos que exijam condições específicas de temperatura, pressão ou características corrosivas. Para cada tipo de aplicação e projeto, deve-se seguir as normas técnicas de padronização do tubo, como a inserção de marcas d’água a cada 1 metro. Há muitos tubos normais vendidos no mercado como tubos de condução, sem conter estas marcações, o que pode representar risco à segurança na condução de fluídos.

Onde o tubo Schedule é utilizado?

Pode-se encontrar Tubos Schedule em diversas aplicações, como condução de vapores, instaladores de água, gás, ar comprimido, etc. São comuns em shopping centers, estacionamentos, aquecedores e hidrantes, justamente pelo fato de lidarem bem com temperaturas extremas e altas pressões. Também são empregados nas indústrias químicas, navais e petrolíferas, entre outras.

Quais as vantagens do tubo Schedule?

Além de serem resistentes e duráveis, uma das vantagens mais evidentes da utilização do tubo Schedule é que o material confere uma segurança superior, por sua capacidade de suportar altas pressões e temperaturas extremas, e sobretudo por estar dentro das normas vigentes de qualidade no setor. Dessa forma, qualquer tipo de fluido que passe por eles é mantido em condições ideais de temperatura e no estado necessário, seja líquido ou gasoso.

O que é Tubo Schedule 40?

Tubos Schedule 40 são utilizados na condução de fluídos, e por isso, precisam de proteção interna para que, ao longo do tempo, não haja corrosão e desgaste na estrutura.

Essa proteção na parte interna dos tubos Schedule 40 evita a corrosão no transporte de matérias agressivas e também ajuda na proteção exterior da estrutura, por impedir a deterioração causada pelo intemperismo interno.

O que é Tubo Schedule 80?

Os Tubos Schedule 80 possuem, via de regra, a mesma função que os Tubos Schedule 40, mas com uma resistência bastante superior.

As dimensões 40 e 80 tratam da espessura das paredes dos tubos e, dessa forma, os Tubos Schedule 80 têm uma força extra e são mais utilizados em aplicações externas, onde ficarão expostos.

Quais as medidas encontradas para o Tubo Schedule?

Os Tubos Schedule podem ser encontrados nas medidas 10, 20, 30, STD, 40, 60, 80, 100, 120, 140, 160, XS E XXS.

Via de regra, as maiores diferenças entre si são as espessuras das paredes do tubo, o que influi em sua resistência aos fluídos conduzidos conforme o tempo passa. A medida de tubo Schedule mais comumente utilizada no mercado é a 40, usualmente encontrada na indústria, na construção mecânica e em usinas de açúcar e álcool,

Agora que você já conhece a importância de um Tubo Schedule Certificado dentro da NBR 5590 e da ASTM A53 para seu projeto, que tal experimentar a qualidade e autoridade da Century no segmento? Entre em contato conosco e solicite um orçamento!

https://centurytubos.com.br/century-tubos/o-que-e-tubo-schedule/773/century/ Quais as principais diferenças entre o tubo de aço preto e o tubo de aço galvanizado? Tubos de aço carbono e galvanização

Os tubos de aço carbono, tanto tubos estruturais como tubos de condução, podem contar com acabamentos que lhe garantam uma proteção maior ao tempo. Um destes tipos de acabamento é conhecido como galvanização, e ele pode ser mais importante do que você imagina.

Dependendo de sua necessidade, um tubo galvanizado é essencial para que seu projeto obtenha durabilidade, força e resistência e, inclusive, adquira mais segurança.

A galvanização é importante porque alguns materiais utilizados na formação da liga metálica que cria o aço carbono podem sofrer níveis de estresse muito grandes com o tempo, como a corrosão. Mas o que a galvanização tem a ver com a corrosão? Como esse processo é feito? Quando você deve optar por um tubo de aço galvanizado? Descubra a seguir:

O que é Galvanização?

A Galvanização é um processo que cria um acabamento extra em tubos de aço carbono, e que tem como objetivo a proteção dos tubos contra a corrosão.

Com a galvanização, o tubo é revestido por outro metal, geralmente o zinco, recebendo uma camada extra de proteção. É muito indicada e utilizada em tubos de aço carbono ou tubos metalon que ficarão expostos à variação climática ou a reações químicas, em ambientes abertos e mais suscetíveis a intempéries, pois a camada de proteção conferida pela galvanização significa, acima de tudo, que este tubo de aço carbono terá menos chances – ou praticamente nenhuma – de enferrujar com o tempo.

Como é feita a galvanização do aço?

Para que o aço carbono, aplicado em tubos de aço como os tubos metalon, possa resistir mais tempo às intempéries, pressão e clima, é realizado um processo de “zincagem”.

O processo leva esse nome por conta da adição de zinco à liga de aço carbono, um metal durável e resistente à oxidação que adere ao carbono com bastante facilidade, formando uma camada invisível a olho nu.

Esta camada de zinco oferece ao tubo de aço uma proteção extra contra a corrosão causada por fatores externos, conferindo-lhe mais resistência e durabilidade.

A zincagem, ou galvanização, pode ser feita em tubos de aço carbono de maneira eletrolítica ou a fogo, como explicaremos a seguir.

 O que é galvanização eletrolítica?

Também chamada galvanização a frio ou zincagem eletrolítica, ela é geralmente usada nos tubos de laminação a frio, ou seja, com espessuras das chapas até 1,90mm. A galvanização eletrolítica ocorre através do uso da eletricidade. Primeiramente, converte-se a corrente de alternada para contínua, de modo a separar as partes positivas e negativas na corrente. Em seguida, as peças são colocadas na parte negativa e o metal que fornecerá íons para a reação química é colocado na parte positiva da corrente. Dessa forma, os cátions do aço se dispersam e convertem-se novamente em metal, sendo depositados na superfície da peça e dando-lhe uma camada extra de proteção.

A galvanização eletrolítica confere à peça um acabamento mais uniforme e brilhante por um custo menor, porém com uma proteção anticorrosão menos eficaz, visto que esta camada metálica extra tem uma espessura mais fina.

O que é galvanização a fogo?

Na galvanização a fogo, também chamada de galvanização por imersão, a peça adquire uma camada protetora anticorrosiva muito mais espessa e eficaz.

A galvanização a fogo é recomendada nos tubos de laminação a quente, ou seja, com espessuras da chapa acima de 2,00mm, o processo é feito em diversas etapas. Primeiramente, a peça deve ser preparada, lavada e decapada, removendo-se óleos e graxas através de uma solução de ácido clorídrico ou sulfúrico. Depois realiza-se o processo de fluxagem, que pode ser feito à seco ou a úmido, onde removem-se as impurezas remanescentes do metal a fim de melhorar a aplicabilidade do zinco fundido e evitar a oxidação. Na sequência, após a secagem da peça, realiza-se a imersão a quente, onde a peça é submersa em um banho de zinco líquido a cerca de 450°C. Por fim, é realizado o resfriamento da peça, preferencialmente com um banho de solução cromatizante, para retardar o surgimento da corrosão branca.

A galvanização a fogo confere aos tubos um acabamento mais rústico, porém com uma proteção anticorrosão muito mais eficaz, visto que esta camada pode proteger o tubo de aço por décadas sem requerer manutenção.

O aço galvanizado enferruja?

Vários tipos de aço podem enferrujar com o tempo. A oxidação, que causa a chamada “ferrugem” ocorre por conta da exposição de alguns materiais a ambientes abertos durante muito tempo. Em termos químicos, alguns metais enferrujam por conta da reação química resultante do contato deles com o oxigênio e demais gases presentes no ar, processo acelerado por fatores como umidade, retenção de água, mudanças climáticas, reações químicas etc.

Entretanto, no caso do aço galvanizado, independentemente de qual o processo utilizado na galvanização, mas sobretudo no caso da galvanização a fogo, que confere ao tubo uma camada protetora ainda mais espessa, esta reação não ocorre.

A explicação é que o metal zinco, que reveste o aço após o processo de galvanização, cria uma espécie de bloqueio isolante e anticorrosivo, de modo que a ferrugem não possa surgir com o tempo, nem mesmo como produto de reações químicas ou eletroquímicas que enferrujariam o aço em seu estado original.

Sendo assim, fique tranquilo. Podemos te dizer que não; o aço galvanizado não enferruja.

3 diferenças entre tubos de aço preto e galvanizados

1- Revestimento:

Como descrito acima, o acabamento deles é diferente. Ambos os tubos são produzidos em aço carbono, com laminação a quente ou laminação a frio, mas a diferença está na aplicação do zinco com a finalidade de proteção. O processo que utiliza a adesão do zinco como barreira protetora é a galvanização, ou zincagem.  No caso dos tubos pretos, eles podem receber apenas uma camada de pintura eletrostática, sem necessariamente contar com a proteção do zinco em suas superfícies.

2- Resistência:

Outra diferença entre os tubos de aço preto e os tubos de aço galvanizados é que o tubo de aço laminado a quente ou laminado a frio tem um revestimento de óleo que oferece apenas uma proteção simples. Ao ar livre e em contato com a umidade, com o tempo ele acaba oxidando. Já o tubo de aço galvanizado não oxida e sua durabilidade é maior, prolongando a vida útil dos tubos. Sendo assim, dependendo da aplicabilidade do seu tubo de aço, a resistência pode variar bastante entre um tubo preto e um tubo de aço carbono galvanizado.

3- Aplicações dos tubos galvanizados:

Os tubos galvanizados têm diversas aplicações, seja em estruturas tubulares, peças, equipamentos para indústria em geral ou para sistemas de tubos de condução de fluidos, além de sistemas de irrigação, de rede de incêndio entre muitos outros. O tubo galvanizado eletrolítico, por ser relativamente menos resistente às intempéries, é geralmente utilizado em ambientes que sofrem menos ação do tempo, como em espaços fechados. Já a galvanização a fogo, por ser mais resistente e conferir ao tubo uma camada protetora mais espessa, é comumente recomendada e utilizada em ambientes abertos, onde ocorre maior ação do tempo, bem como nos tubos de condução de fluidos, que transportarão líquidos e gases que podem causar reações químicas relevantes ao longo do tempo na estrutura dos tubos.

Existe um tipo de galvanização ideal?

Sim. Mas cabe ressaltar aqui que a galvanização ideal depende do seu projeto, do seu orçamento e, acima de tudo, da aplicação futura do seu tubo de aço.

Por exemplo: a galvanização eletrolítica confere uma proteção anticorrosiva um pouco inferior, mas com um custo menor, sendo recomendada para tubos de aço que não estarão expostos de forma agressiva a intempéries e umidade de um modo geral por um longo período de tempo ou com muita frequência.

Já a galvanização a fogo possui uma proteção bastante superior, o que aumenta ainda mais a durabilidade dos tubos de aço e torna este tipo de galvanização o modelo ideal para peças que ficarão expostas a intempéries como chuva, mudanças climáticas, umidade, vento ou qualquer outro tipo de reação química que possa ter como produto a ferrugem no aço em questão.

Por que comprar os tubos de metalon galvanizados da Distribuidora Century Tubos?

Os tubos de nosso portfólio desde que são produzidos passam por um processo de galvanização, tornando-se muito mais resistentes à corrosão por fatores externose apresentando alto rendimento contra a oxidação.

Adquirindo um tubo metalon galvanizado com a Century Tubos, ou qualquer outro tipo de tubo que nossa empresa distribua em todo o Brasil, você adquire também a certeza de estar levando ao seu projeto apenas materiais de qualidade, certificados com selos de qualidade e fiscalização, sempre dentro das normas técnicas vigentes no Brasil e no exterior, como ASTM,  NBR e muitas outras, além, é claro, de contar com uma proteção extra que dará muito mais durabilidade e resistência à sua obra no caso dos tubos galvanizados!

Aqui na Century Tubos, você encontra tubos das mais variadas dimensões e para os mais diversos fins, tanto galvanizados a fogo, como por galvanização eletrolítica, com um amplo estoque à sua disposição para entrega rápida em São Paulo e Região Metropolitana ou mesmo com bastante agilidade de entrega e respeito aos prazos em todo o território nacional.

Entre em contato com nosso time de especialistas e solicite um orçamento hoje mesmo! Os melhores tubos de aço galvanizados para qualquer que seja a sua necessidade estão aqui, na Century Tubos.

https://centurytubos.com.br/tubos-de-aco-carbono/tubos-de-aco-preto-e-galvanizados/766/century/
Empresa certificada com CRCC Petrobras
Empresa com certificado ONIP
Empresa com certificado NBR ISO 9001